Liber Ludo de Janeiro 2015

Get The Crestock Daily Free Stock Photo Here
Começamos….. que todos tenham um grande ano.

Aqui no Péricles o povo começou devagar, mas aos poucos vão aparecendo. Cheio de novidades  tivemos a estréia da Gertrudes B, dos novos e profanos sacos de Rá, por fim de um livro quase tão famoso como o “Malleus Maleficarum”,  falo do “Liber Ludo”, o livro dos proscritos da sociedade lúdica, cujo lema ” Ludi mei tibi Ludensi Sunt”

Parece muita coisa mas vai ter mais, vamos mandar ver em 2015, então apareça você também.

Dia 02 

Casa cheia com dois proscritos, Rogério e eu. Primeira vez na mesa encaramos o Eclipse. Agradou, jogão, mas sabemos que jogamos com diversos erros, que aos poucos são corrigidos. Nada anormal pelo tipo de jogo.

Eclipse, partida com dois jogadores.

Dia 09

Para não deixar o espaço vazio, jogamos o nosso Race for the Galaxy, sem maiores comentários… aliais tem um sim. O Rafael atropelou na partida, quando vi o cara tinha baixado as doze cartas, dai babaú!
Estiveram os proscritos Rafael, Witold e eu. Foi a primeira vez que a Gertrudes B esteve presente.

Dia 16

Os proscritos Rafael, Witold e eu novamente, e o Eclipse novamente na mesa. Gertrudes B ataca a primeira vitima.

O primeiro proscrito, vitima da Gertrudes B.

Dia 30

E os proscritos apareceram em peso. Rafael, Coveiro, Junior, Dieter, Maicon e eu.
Jogamos adivinha o que… ECLIPSE….,  definitivamente foi o mês do jogo. Também  quem diria, esta agradando desde quem curte os jogos com confronto como os amantes dos jogos de gerenciamento , estilo euro.

Povo aparecendo para a jogatina, na mesa Eclipse, 
lógico a Gertrudes B sobre a mesa pedindo atenção.

Gertrudes B não parou quieta durante a partida….ai de pensar em analysis paralizis…era só o  cacarejar … …não!… é uma galinha que não cacareja, é um pé no saco.

O livro dos proscritos
Os sacos de Rá, note que a Gertrudes tá lá novamente, agora dormindo.

Grande Abraço!


Blog de Origem: Mundo do Tabuleiro
Link: http://ift.tt/1BICE42
Autor: Hermes

Anúncios

N° 8, do frio nórdico para o calor tropical…. Ie Shima

Get The Crestock Daily Free Stock Photo Here
8- Ie Shima

Autor – Michael Rinella
Editora – Take Aim Designs
N°de jogadores 1 a 2
Idade inicial sugerida 12 anos
Tempo de duração estimada  120 minutos
Tema – Jogo de Guerra.

Mecânicas – Impulso de área

Ideia do jogo-  Mais conhecida como IwoJima, foi a última batalha de vulto na IIGM. Considerada a primeira ilha metropolitana do Japão, sua conquista abria as portas para bases aéreas bem próximas do Japão. A luta encarniçada era uma amostra do que seria invadir as ilhas principais, situação que não ocorreu devido as bombas atômicas lançadas sobre Hiroshima e Nagasaki, seguido da consequente rendição japonesa.
O jogo no estilo impulso de área (para assimilar,o War é um jogo de impulso de área), na qual um é o defensor e outro é o atacante e invasor. O jogo reproduz a invasão ocorrida em Abril de 1945, permite jogar solo também, segue a ordem de batalha e eventos relacionados.
A proposta é interessante combina os counters e um tabuleiro dividido em áreas, cujo fundo é um mapa militar da época da guerra,  até para dar um clima, aquele mergulho na história e no tema.

Fica a dica!

Link para publicação N°7 ( Hakkaa Päälle)
Link para listas de jogos de 2013 e 2014.

Fonte da imagem BGG

Blog de Origem: Mundo do Tabuleiro
Link: http://ift.tt/1CLlVPb
Autor: Hermes

N°7… não preciso explicar o que Hakkaa Päälle?

Get The Crestock Daily Free Stock Photo Here
7- Hakkaa Päälle

Autor – Chas Argent
Editora – Multi Man
N°de jogadores 2
Idade inicial sugerida 12 anos
Tempo de duração estimada  120 minutos
Tema – Jogo de Guerra, expansão de jogo base ASL.

Mecânicas – Hex and Counter.

Ideia do jogo-  Pouco conhecida a guerra na Finlândia durante a IIGM, foi uma guerra dura principalmente pelo clima frio, poucas estradas, pântanos. Era de certa forma um teatro secundário em meio a convulsão de batalhas travadas em todos os lugares.
Haakkaa Päälle é a expansão do ASL,  focada no cenário nórdico, durante a II GM. A Finlândia aliou-se a Alemanha nazista, e participou do cerco a Leningrado, por fim acabou derrotada também. Neste cenário a inclusão de muitas viaturas de combate secundárias como T26, T28, carros franceses capturados pelos alemães e usados em regiões remotas. O jogo procura trazer doutrina de combate russa, na guerra de inverno, a tática finlandesa de posições fortificas difíceis de serem tomadas ou contornadas, exigindo ataques caros  e frontais.
Para quem curte o ASL, é um baita prato cheio. Sinceramente considero este um dos melhores se não o melhor jogo de guerra entre tantas opções, lógico não conheço tudo então é minha singela opinião, na qual quem gosta de jogos de guerra, vai acabar por achar um jogão.

Bom Hakkaa Päälle quer dizer….” batendo em”, ficou meio sem sentido mas devido ao cenário da guerra devia ser uma expressão comum dos nórdicos.

Fica a dica!

Link para publicação N°6 ( El Grande Big Box)
Link para listas de jogos de 2013 e 2014.

Fonte da imagem BGG

Blog de Origem: Mundo do Tabuleiro
Link: http://ift.tt/1tGUrbG
Autor: Hermes

Hannibal: Rome Vs. Carthage – Componentes !

Get The Crestock Daily Free Stock Photo Here

Estamos postando imagens dos Componentes do excelente Hannibal: Rome Vs. Carthage. Este jogo trata da 2ª Guerra Púnica entre Romanos e Cartagineses. Embora seja para apenas 2 Jogadores, pode ser considerado um dos grandes clássicos.
Lançado em 1996 pela Valley Games, tendo como Autor Mark Simonitch, possui um Tabuleiro em forma de Quebra Cabeça, Componentes de excelente qualidade e regras até que simples, mas com um monte de exceções.
Estas exceções, acabam por afastar um pouco o Jogo dos jogadores “casuais”, já que é preciso saber quais são para desfrutar bem o jogo.
Tem um tempo consideravel em torno de 150 minutos,
Faremos uma Resenha do Jogo em breve, mas podemos adiantar que mesmo sendo velhinho de estrada, ainda tem um público fiel e ainda continua com rejogabilidade excelente.
As Cartas foram traduzidas e diagramadas pelo nosso amigo Fausto !

Blog de Origem: Clube do Tabuleiro de Campinas
Link: http://ift.tt/1DnxAlF
Autor: Wagner

Caro

Get The Crestock Daily Free Stock Photo Here

Sint_Caro

Sinopse:

Jogo abstrato onde os jogadores usam peças coloridas (preto, branco, cinza e vermelho) para obter pontos em função das peças adjacentes. As combinações de cores dão pontos diferentes. Quem tiver mais pontos depois de todas as peças jogadas vence o jogo.

Como se joga:

No início do jogo cada jogador recebe 3 peças em cada uma das 4 cores (caros), que coloca à sua frente. O jogador mais novo começa por colocar um caro no centro da mesa e marca 10 pontos.

Image Hermann H.

O jogo prossegue com a vez o jogador seguinte, no sentido dos ponteiros do relógio. Na sua vez o jogador coloca sempre um caro em jogo tem de ter em atenção que não poderá ultrapassar a área máxima de construção:

  • 6×6 a 2 jogadores
  • 7×7 a 3 jogadores
  • 8×8 a 4 jogadores

A escolha da cor do caro que se joga assume no jogo uma dimensão crucial na estratégia do jogo. Em função das combinações criadas com a colocação do seu caro, o jogador receberá pontos, com a seguinte relação (ver figura abaixo):

Pontos Caro

Há quatro regras básicas que se têm de obedecer ao jogar Caro:

  1. Um caro nunca pode ser jogador ao lado de outro da mesma cor;
  2. Não se pode jogar um caro ao lado de mais de 2 caros da mesma cor;
  3. Não se pode criar diagonais com mais de 3 caros da mesma cor;
  4. Os jogadores duplicam a pontuação no seu turno sempre que colocam o último caro de uma determinada cor.

Turno após turno os pontos dos jogadores vão sendo anotados no bloco que acompanha o jogo.

O jogo termina quando o último caro for colocado ou quando não for possível colocar mais nenhum. Vence quem tiver acumulado mais pontos.

Avaliação:

Caro é um jogo abstrato com regras muito simples e como tal muito rápido de explicar. A madeira dos caros é de boa qualidade, maciça e agradável ao toque. A caixa usada para guardar o jogo é um pouco grande de mais para aquilo que traz mas ainda assim tolerável.

O jogo não se pode ter como um exemplo de originalidade, como a ilustração da caixa pode sugerir, e verdadeiras inovações não se encontrarão, aliás é bem possível que se encontrem semelhanças com outros abstratos, porém, faça à rapidez das partidas e ao seu preço equilibrado, Caro acaba por ser uma boa aposta para quem gosta deste género tão especial de jogos, com especial enfoque nas crianças e nos adolescentes.

Na verdade Caro é uma boa opção enquanto complemento pedagógico lúdico pois com ele é possível trabalhar diferentes conteúdos letivos como áreas, análise de variáveis, contagem, adição, noção de linha e coluna, horizontal, vertical e diagonal, entre vários outros conteúdos matemáticos.

Por tudo isto Caro é um jogo de que gostámos bastante sobretudo porque aliado à sua faceta lúdica temos há um precioso auxiliar pedagógico que temos usado no nosso quotidiano profissional.

Ligações:

Site da Noris Spiele AQUI

Ficha BGG → AQUI

Vídeo (promocional)  AQUI

Comprar:

Buecher AQUI

Amazon.de  AQUI

Blog de Origem: JogoEu
Link: http://ift.tt/15XFZAZ
Autor: abruk

N°6… olha ai!… um big box depois de 20 anos…El Grande

Get The Crestock Daily Free Stock Photo Here
6- El Grande Big Box

Autor – Wolfgang Kramer e Richard Ulrich
Editora – Hans in Glück
N°de jogadores 2 a 5
Idade inicial sugerida 12 anos
Tempo de duração estimada 60 a 120 minutos
Tema – Renascimento

Mecânicas – controle de área,
movimento de área

Ideia do jogo-  Esse é um clássico que completa 20 anos, dai sua reedição especial na versão big box. Ou seja o jogo base e todas as suas expansões, Grand Inquisitor & ColoniesGrandissimoKing & IntrigantKing & Intrigant: e King & Intrigant. 
Para quem não conhece, El Grande é um jogo de 1995, no qual os jogadores disputam o controle das províncias da Espanha por meio de influência, que são seus cavaleiros. A influência é obtida por meio de cartas numeradas do jogador, onde a cada rodada escolhe uma secretamente e a revela, informando quantos cavaleiros vai dispor, e por sua vez qual a sua iniciativa na rodada. O jogo é bem no estilo euro, estratégico, conta com certa aleatoriedade com as cartas de eventos, mas é jogão na certa. Digo ser uma grande nova e um grande relançamento.

Fica a dica!

Link para publicação N°5 ( Extra! Extra!)
Link para listas de jogos de 2013 e 2014.

Fonte da imagem BGG

Blog de Origem: Mundo do Tabuleiro
Link: http://ift.tt/1A3GhDT
Autor: Hermes

Dissecando : X-Wing Jogo de Miniaturas

Get The Crestock Daily Free Stock Photo Here

Ontem eu não consegui manter a carteira dentro do bolso, e acabei comprando a caixa básica do X-Wing Jogo de Miniaturas recém lançado no Brasil pela Galápagos Jogos.

Primeiro falando um pouco dos componentes, eles não poderiam ser de melhor qualidade, mas isso já era totalmente esperado vindo de um produto licenciado da Fantasy Flight.

Muitos componentes de altíssima qualidade.

A caixa básica vem com três naves (duas TIE Fighter e um X-Wing), que são suficientes para abrir e começar a jogar.

Temos um manual bem detalhado e um folheto para “começo rápido”, que foi o que utilizamos para que eu e o meu pequeno começássemos logo a primeira partida.

As regras são extremamente simples : a rodada se divide em definir a movimentação da nave, ativar as naves (em ordem crescente), resolver os hits (em ordem decrescente) e começar tudo de novo, se ao final um dos lados tiver todas suas naves abatidas, o outro jogador ganha.

Durante a batalha as TIE verificando a distância.

Com as regras completas existem uma série de modificadores e melhorias (pilotos como o Luke Skywalker ou o R2-D2 dando uma mãozinha), além de outros fatores que vão diferenciar bastante a experiência do jogo.

Achei o X-Wing Jogo de Miniaturas lindo em todos os aspectos e tenho certeza que vai se tornar um escoadouro de dinheiro, mas a carinha de felicidade do meu “inimigo” valeram cada centavo investido. Fica a dica para quem quer um jogo divertido, bonito, estratégico e bom para jogar com os pequenos (que já saibam ler e curtam Star Wars).

E o pequeno super feliz com o novo joguinho!

Blog de Origem: E aí, tem jogo? – A sua página sobre jogos de tabuleiro moderno.
Link: http://ift.tt/1BtNTuL
Autor: Carlos “Cacá”