Space Walk

Get The Crestock Daily Free Stock Photo Here

Sint-SW

Sinopse:

Cada jogador tem por objetivo proteger as suas naves espaciais de caírem nos buracos negros que existem no tabuleiro. No fim do jogo ganha quem tiver as naves mais valiosas em jogo!

Como se joga:

No início do jogo coloca-se o tabuleiro suspenso nos quatro suportes pretos.

Os jogadores recebem 9 marcadores numa cor à sua escolha (3 pequenos, 3 médios e 3 grandes). Começando pelo mais novo, e seguindo no ponteiro dos relógio, os jogadores colocam os seus 9 marcadores no tabuleiro. A única restrição na colocação inicial dos marcadores é que não se podem repetir marcadores da mesma altura na mesma casa, tudo o resto fica à consideração de cada jogador.

No seu turno os jogadores terão de escolher um planeta e mover todos os marcadores que aí se encontrarem. A recolocação dos marcadores obedece à regra do Mancala, ou seja, o primeiro marcador avança uma casa (planeta), o segundo avança duas casas, o terceiro três e assim sucessivamente. Os primeiros planetas são sempre os grandes, depois os médios e finalmente os pequenos.

Sempre que um marcador cai num buraco negro perde-se definitivamente!

Quando um jogador ficar sem nenhum marcador o jogo termina imediatamente e esse jogador perde. Entre os jogadores que ficarem em jogo contabilizam-se os pontos das suas naves: marcadores grandes (4 pontos); marcadores médios (3 pontos) e naves pequenas (1 ponto).

O jogo pode ser jogado com a variante de cartas de ação:

Esta variante implica que os jogadores tenham uma mão de 8 cartas de ação. No início de cada turno os jogadores jogam/descartam uma dessas cartas e executam a sua ação. Depois de usarem as 8 cartas, os jogadores recolhem as cartas descartadas e voltam a ter 8 disponíveis.

Avaliação:

A primeira palavra vai para a ilustração – belíssima – que excelente trabalho de ilustração fez a Morapiaf! Parabéns.

O jogo já tem uma idade mas, assim como o whisky, quanto mais maduro melhor! Space Walk é simples e muito bom. Trata-se de um abstrato com pele de corrida espacial onde os jogadores procuram eliminar os seus adversários, fazendo-os entrar nos buracos negros do tabuleiro. Cada partida é uma luta táctica intensa e apetece sempre começar um novo desafio.

As partidas a três podem ser muito condicionadas pela união entre jogadores.

Um jogo com elevada taxa de rejogabilidade e partidas rápidas!

Ligações:

Site da Morapiaf AQUI

Ficha BGG → AQUI

Regras em português AQUI

Comprar:

Morapiaf  AQUI

Blog de Origem: JogoEu
Link: http://ift.tt/1FP97Ve
Autor: abruk

Anúncios

Tumbling Dice – Versão Caseira em madeira !

Get The Crestock Daily Free Stock Photo Here
Nossas Versões Caseiras são confeccionadas artesanalmente e para uso pessoal somente, sendo proibida qualquer tipo de venda ! 

Versão Caseira de Madeira !
Na semana passada, postamos um tópico sobre nossa Versão Caseira do Jogo Tumbling Dice:
Para aquela Versão Caseira, utilizamos placas de Foamboard 5 mm e Tampinhas de embalagens de remédios… Já os Dados, tínhamos em 3 cores e utilizamos no Jogo.
Caixa !
O sucesso foi muito grande, já que é um Party-Game muito bem aceito.
Feito isso, decidimos fazer algo mais estruturado, e resolvemos fazê-lo desta vez de madeira. Um artesão da Feira de Artesanato de Campinas fez o trabalho de marcenaria e mesmo ficando gigantesco, pesado e com madeiras com espessura de 2 cm, o tamanho muito nos agradou pois ficou com 1 metro de comprimento, que para o jogo é muito interessante.
Componentes de nossa Versão Caseira !
Reparem nas imagens que foi feito um apoio para colocar o punho, e como ele é apenas encaixado com 1 pino centralizado,  é possível deixá-lo na direção que queremos para dar o “peteleco” nos Dados.
O problema desta nossa Versão Caseira em madeira será transportá-lo… Rsrsrs !
Taí nosso Tumbing Dice de Madeira !
Peças (Para montar, é só encaixar as peças !)

Versão Caseira – Colocamos uma régua de 100 cm só para comparação de tamanho !

Detalhe !

Versão Caseira completa !

Blog de Origem: Clube do Tabuleiro de Campinas
Link: http://ift.tt/1U3Vv3v
Autor: Wagner

Fechando o pacote.. Ships

Get The Crestock Daily Free Stock Photo Here
Acho que o consagrado Martin Wallace, autor de jogos como Brass, bem depois Automobile, seguido de Aeroplanes, chega enfim aos navios com Ships, ao que parece falta agora naves espaciais e fechar sua coleção com meios de transporte. O autor sempre as voltas com jogos históricos, econômicos, segue a linha com Ships, no qual o jogador começa no tempo dos Fenícios, e progride aos nossos dias, evoluindo com os meios de transporte navais.

A ideia é obter recursos ( seis ao todo), desenvolver e avançar nas tecnologias com navios mais modernos em cada período. Assim o que é ultrapassado fica para trás obsoleto, não foge a regra do Brass por exemplo ou dos demais jogos da serie. A medida que o jogador progredi, tem capacidade de recebe mais recursos e de desenvolver suas frotas, tomando novos mercados pelos mares da Terra.

Ships embora anunciado, só sai no terceiro trimestre de 2015, com produção limitada. Comporta de 2 a 5 jogadores, que vão gastar duas horas para percorrer os sete mares e evoluir desde os Fenícios pelo Mediterrâneo Oriental.

Para quem curte jogos densos, cheios de limitações, evolução durante a partida e sempre um certo caos, provocado pelas mudanças de eras, siga esta opção, quem sabe esta ai  mais um jogo para a sua lista de jogos.

Fica a Dica.

Abraço!

Blog de Origem: Mundo do Tabuleiro
Link: http://ift.tt/1LEEpGE
Autor: Hermes

Ha! Ha! Moustache

Get The Crestock Daily Free Stock Photo Here

Meu amigo e parceiro de pesquisa Mauro Berimbau adquiriu essa pérola. Ha! Ha! Moustache é um card game inusitado. Um player sorteia uma carta e vai lendo pistas para que os outros players tentem adivinhar de quem é o bigode desenhado. As pistas começam mais herméticas (que valem mais pontos) para mais óbvias.

Um exemplo:
1.Personagem de videogame
2.Usa chapéu vermelho
3.”It’s a me!”

Resposta: Mario. Quem adivinha com menos dicas, ganha mais pontos.

Tem uns bigodes de personagens bastante obscuros. Valeu conhecer pela curiosidade.

Blog de Origem: Game Analyticz
Link: http://ift.tt/1RN2bir
Autor: VINCE VADER

Resenha : Tokaido

Get The Crestock Daily Free Stock Photo Here

Toda segunda-feira é dia de Segunda Sem Lei na RedBox aqui do Rio de Janeiro e lá você pode encontrar no acervo da loja, jogos como o Tokaido, um jogo “elegante” que falaremos um pouco agora.

Em Tokaido somos viajantes partido da província de Edo passeando curtindo o que tem de melhor na viagem até Tóquio e pelo caminho vamos recolhendo “lembranças” em formas de cartas que vão dar pontos no final da partida.

“Caminhando e andando e seguindo a canção”.

Como citei anteriormente, Tokaido é “elegante” em todos os sentidos, o jogo é lindo, a regra é super concisa e a jogabilidade é fluida.

A rodada é simples, o jogador que está mais atrás pelo caminho anda até a próxima parada que lhe der vontade e realiza a ação indicada, se ele continuar atrás, joga novamente, caso contrário o último vira o jogador da vez.

As cartinhas que dão os pontos durante e no fim do jogo.

Todos são obrigados a parar nas estalagens para esperar os outros jogadores, e assim o jogo prossegue até todos chegarem a Tóquio onde são computados todos os bônus conseguidos pelo caminho e quem tiver mais pontos ganha.

Tokaido dura pouco mais de uma hora, e fica um gostinho de “quero mais”, outro excelente jogo do Antoine Bauza (7 Wonders) que você pode jogar lá na RedBox.

Blog de Origem: E aí, tem jogo? – A sua página sobre jogos de tabuleiro moderno.
Link: http://ift.tt/1GLlvY8
Autor: Carlos “Cacá”

À espreita… Small City

Get The Crestock Daily Free Stock Photo Here

Alban Viard é um designer francês que vai fazendo um percurso muito interessante, editando os seus próprios jogos em quantidades limitadas mas geralmente com muita procura.

Vem esta notícia a propósito do seu novo lançamento – Small City – que conta com 750 cópias e um custo de 70€ (portes incluídos).

O criador começa a enviar as primeiras cópias no fim deste mês e há já quem tenha experimentado o jogo.

Neste Small City os jogadores são governadores de um pequena cidade e o objetivo é conseguirem agradar ao eleitorado para angariarem o máximo de votos que permitam a re-eleição.

Para que isso aconteça há que mobilizar a população, dinamizar atividades, construir estruturas…

Quem quiser encomendar o jogo pode contactar o criador através do seu Twitter diretamente AQUI.

Blog de Origem: JogoEu
Link: http://ift.tt/1GHr7Ta
Autor: abruk

Android à Mesa – Tsuro

Get The Crestock Daily Free Stock Photo Here

Para quem não dispensa um joguinho de tabuleiro no seu tablet ou smartphone, enquanto espera pela vez no dentista, ou enquanto espera que a esposa termine de fazer o brushing  no salão da cabeleireira, vamos apresentar-vos os Android à Mesa.

Para começar esta rúbrica deixamos a primeira sugestão (gratuita) de um clone de Tsuro. Chama-se Weave e já vai na versão 2.0.4

    

É um jogo levezinho, estilo puzzle, e bastante agradável de se jogar.

Quem quiser experimentar poderá fazê-lo AQUI.

Blog de Origem: JogoEu
Link: http://ift.tt/1Nk1rjx
Autor: abruk