The Builders, simples e rápido, agradou!

Get The Crestock Daily Free Stock Photo Here
The Builders : Midle Age é daqueles jogos que prima pela simplicidade, mas no entanto agrada. A ideia é conseguir uma gama de trabalhadores e empregar  nas construções, algo como uma guilda. Temos o artesão, trabalhadores braçais, mestres, aprendizes, cada qual com capacidades e habilidades diferentes, estas para atender os requisitos e executar a construção.

Observe na imagem ao lado, a construção e o trabalhador, em comum as caixas de texto, na qual a quantidade de cada item é o requisito para executar a construção. A primeira figura, pedras (em cima), depois madeira, dai digamos projeto ou planta e por fim telhas. Na imagem o trabalhador não atende por completo os requisitos da obra, então é necessário adicionar um segundo trabalhador para concluir a obra que tenha a capacidade de projeto igual ou superior ao da construção.

A caixa é sensacional, notar que é em alto 
relevo estampada em chapa metálica.

Para completar o entendimento da imagem,  no canto superior esquerdo do trabalhador, você encontra o valor a pagar em moedas para contratar o cidadão, enquanto no canto superior direito da obra, neste caso um guindaste, você encontra o bônus e os pontos de vitória pela conclusão.

Aproveitando o ensejo, o objetivo do jogador é conseguir 17 PV ou mais para vencer e, atingir estes pontos também e a condição para finalizar a partida que finaliza durante esta rodada.

O jogador a cada rodada pode executar três ações, entre as possíveis que são:

– pegar na sua mão um edifício a construir;
– pegar um trabalhador disponível na reserva para sua mão.
– iniciar uma construção que já tenha na mão;
– posicionar um trabalhador e pagar o seu custo;
– vender ações por dinheiro;
– passar ;

Em particular posicionar trabalhadores segue uma regra especial, onde posicionar um é uma ação, já posicionar um segundo é considerado duas ações extras, desta forma existe certa limitação nas ações, mas que ajuda a manter o jogo mais competitivo.

Alguns prédios além de garantirem pontuação, também dão bônus ao jogador, como visto na imagem acima, o guindaste uma vez construído, vale como duas pedras para executar outras construções, outros fornecem dinheiro, então é bom pensar em ter um destes entre suas construções.

A interatividade é muito pouca, basicamente torcer para o jogador que joga antes de você não pegar a carta que você esta querendo, resulta também não planejar muito, o quadro de construções e trabalhadores modifica constantemente, cada carta que é comprada é imediatamente substituída, e nos momentos inciais da partida, o pessoal busca conseguir um certo numero de trabalhadores, para ter capacidade de atender melhor as configurações necessárias para executar as construções. A  re-jogabilidade é relativa, não é bom exagerar,mas muitas cartas não entram em jogo, o que ajuda a mudar a configuração de cada partida, mas não impede de ser um jogo um tanto quanto repetitivo. Bom para fechar noitadas de jogatina, atende bem como jogo de introdução, justo por ser de fácil assimilação, explicação e rápido no que tange tempo de duração.

Os componentes são bons, aceitáveis, as moedas são ótimas, a caixa em metal igualmente, pode ser complicado conseguir sleeves. A arte das construções  bacana, dos trabalhadores desfocado para a época pretendida, mas no todo um conjunto bacana, pequeno e fácil de levar para ter a mão a qualquer momento.

Criação de Frédéric Henry, comporta de 2 a 4 jogadores, a partir dos 10 anos, com tempo de duração estimado em 30 minutos, quem trouxe o jogo para o grupo foi  o Ivo.

Fica a dica!

Abraço!

Blog de Origem: Mundo do Tabuleiro
Link: http://ift.tt/1RENpvi
Autor: Hermes

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s