RSS

Entre lava, rochas, monolítos e Fungóides.

02 maio

Get The Crestock Daily Free Stock Photo Here
Esse é um jogo que sempre tive muita curiosidade em conhecer,  finalmente pude joga-lo nesta última sexta feira. A ideia temática central  é” os humanos descobrem uma lua habitável, onde se encontra um raro mineral conhecido por rubion. Companhias privadas vencem a licitação e passam a extrair o minério a partir de suas bases de operações. Aprendem a controlar a fauna alienígena, e a usar para disputar o controle de novos campos de mineração. Não sem demora o conflito armado irrompe e na maioria dos casos, são as criaturas alienígenas usadas nos confrontos, até porque são deverás poderosas, o homem esta na menor das escalas de combate, e o objetivo e conseguir o controle da maioria da energia produzida na distante lua alienígena.”


Nexus Ops é isso ai, são seis tropas diferentes, inclusive um dragão que mata nada e não passou de um bundão durante a partida, muito emplumado, vale ouro e não resolveu absolutamente  nada, fiquei puto com esse treco. Mas salvo o dragãozinho, o jogador precisa saber usar as suas forças, afinal algumas são  além de mineradores e combatentes, (deve estar nos héx, controlado pelo jogador para poder produzir minério, que por sua vez é a moeda de troca para novas tropas), bom retomando….cada bechano, permite certa vantagem em determinado tipo de tereno, como obter maior sucesso em ataques,  caso dos fungóides e cristalinos,  ou como as aranhas, executar movimentos mais rápidos por áreas rochosas, sempre ao passar por estas, os saltadores de lava, esse é bacana… adentram estes héx, onde alguns outros não podem se mover….aaahhh!! sim, os humanos!??…. bom eles controlam os bechanos, mas em combate são os que tem a menor chance de sucesso, visto usar dados D6 e causar vitimas apenas com o seis.

Tabuleiro modular.

Peças do jogador.

Bom os combates são resolvidos de forma simples, cada bechano tem um sucesso para causar a eliminação da peça do oponente, tipo o dragão bunda mole, sucesso 2 (ou mais) em dado D6, mas esse puto não funciona nem assim. O combate é resolvido por iniciativa, onde novamente o dragão bunda mole, ataca por primeiro, e cada sucesso ( menos o dragão, que não obtém sucesso nem com todas as vantagens), seguido pelo saltador de lava(3), a aranha(4), o cristalino(5), o fungóide(5) e por fim o causador do conflito(6).
Então pode ocorrer de suas unidades serem destruídas sistematicamente em um héx em disputa, como também pode ocorrer,  de não haver uma solução durante a rodada, passando a novos combates na rodada sub sequente. Eu gostei do sistema, é simples, dai fácil de aprender e acostumar, e por conta do tipo de terreno que defende ou pretende atacar, do total de energia que controla com as usinas, deve procurar repor tropas, levando sempre em conta estes pormenores, lembrando que as tropas evaporam nas batalhas.

Convenhamos, um certo caos que leva um tempinho para acostumar.

Esse é o dragão bunda mole.

O jogador ao vencer uma batalha e tomar um héx, recebe uma carta de energia, que vale um ponto de energia que devemos entender como  ponto de vitória. O primeiro a somar dez ou mais PVs vence a partida. O jogador que perde, recebe uma carta de compensação, chamada carta de energia de batalha, que pode ajuda-lo a reorganizar suas tropas. A cada rodada o jogador também recebe uma carta de missão, que podem também ser trocada como suprimento para repor novas unidades ao descarta-la.

Os combates são equilibrados, a tomar terreno custa caro, mas é o jogo.

A partida é jogada obedecendo fases, como-1- repor tropas , -2- mover tropas e explorar (quando os héx ainda não foram todos revelados), -3- atacar, – 4- receber energia para a próxima fase, tantos quanto os pontos indicados nas minas controladas pelo jogador e ocupadas pelas unidades capazes de operar as minas ( humanos, fungóides e cristalinos).

Cartão resumo, importante.

É isso ai, quem olha as imagens pode pensar que é caótico e na certa é, principalmente  para quem joga uma primeira vez. O jogo é bem agradável, embora um jogo de combate, o visual das peças  é muito bom e simplesmente, digo” se você ainda não jogou, esta perdendo a chance de jogar um jogo muito bacana, vale conhecer, vale ter na sua coleção, mas ainda não sei o que fazer com o bunda molde do dragão, um verdadeiro bundão.

Ivo (E) e Rafael.

Autores Charlie Catino e Steven Kinball
Comporta de 2 a 4 jogadores
Idade inicial sugerida 12 anos
Tempo de duração estimado por partida 90 minutos
esse jogo saiu do túnel do tempo, afinal é de 2005, mas sempre vale conhecer, vai agradar aos jogadores que gostam do tema combate e confronto, é altamente interativo e cheio de suspense por conta dos vizinhos perigosos.

Abraço!

Blog de Origem: Mundo do Tabuleiro
Link: http://ift.tt/1TGUa1z
Autor: Hermes

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 02/05/2016 em Mundo do Tabuleiro

 

Tags: , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: