Saboteur

Get The Crestock Daily Free Stock Photo Here
Fácil de aprender, interativo, comporta grande número de jogadores. resulta para o grupo em  bons momentos de pura diversão, temos muito do que se pede dos jogos para fins recreativos, Saboteur criado por Frederic Moyersoen.

Em síntese, o jogador deve cavar um túnel (cartas com rotas bem no estilo dungeon), posicionar adjacente e ortogonalmente com encaixes perfeitos dos tuneis para validar a jogada. O túnel começa em uma carta do setup inicial,  é construído pelos jogadores na sua vez de jogar, ao adicionar novas cartas, o objetivo é chegar até uma das cartas onde podem estar pepitas (também do setup), vence o jogador que capturar mais pepitas depois de três turnos.

Arranjo inicial.

Para ficar mais divertido, temos o sabotador ou sabotadores, dependendo do número de jogadores. O sabotador faz uso de cartas específicas, como picareta quebrada, lanterna apagada e desmoronamento, tudo para atrapalhar os demais jogadores, e impedir o progresso do túnel, e ao mesmo tempo  esgotar as cartas da pilha de compras, o que finaliza o turno e se nenhum jogador achou pepitas, ele leva tudo.

A identidade de cada jogador é secreta, deixando um clima de suspense no ar. São sempre igual número de cartas ao número de jogadores mais uma, então pode ocorrer de não  ter nenhum sabotador, ou mais de um, quando mais jogadores. Os jogadores na duvida, ou ao observar as jogados dos oponentes, podem interferir contra o jogador usando as cartas de ferramentas quebradas o que impede o jogador de progredir, como já havia dito.

O túnel, neste caso foi direto.

As ações do jogador são:

-Posicionar carta de túnel e repor uma carta a sua mão ( cinco ao todo);
-Descartar uma carta ( sempre fechada) e repor sua mão;
-Jogar carta contra outro jogador ou usar o mapa para dar uma olhada em uma das cartas objetivo, sempre muito útil.

Simples não é?…. ehh mesmo, dai ser um jogo muito bacana para grupos grandes, onde se busca muita diversão. Muito simples de ser aprendido e consequentemente rápido para o aprendizado.

Ahh..sim!!… as cartas de pepitas são distribuídas entre os jogadores dos anões escavadores, quando conseguem chegar até as pepitas antes do turno terminar, sendo que o jogador que finalizou o túnel, recebe como bônus uma carta extra. Vence o jogador que somou mais pepitas nas cartas que colheu durante os três turnos.

Como já comentei, bom jogo, divertido, agrada por estes aspectos. Com relação a componentes é simples e funcional, nada acima da média, e pode-se dizer ser um bom jogo para estar na coleção por conta dos pontos que mencionei.

Autor Frederic Moyersoen
Comporta de 3 a 12 jogadores
Idade sugerida a partir dos 8 anos
Tempo de duração 30 minutos.

Abraço!

Blog de Origem: Mundo do Tabuleiro
Link: http://ift.tt/24peurr
Autor: Hermes

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s