Aton !

Get The Crestock Daily Free Stock Photo Here



Imagens retiradas do Site BoardGameGeek !

Hoje vamos falar um pouquinho mais sobre o Jogo Aton. Digo um pouquinho mais, pois aqui no Blog já fizemos uma postagem deste Jogo tempos atrás, mas que não enveredamos realmente no jogo, já que tratamos o assunto mais superficialmente.


Aton foi lançado em 2005 e trata-se de um Jogo para apenas 2 Jogadores. Basicamente é um Jogo de escolha de Cartas e posicionamentos de Discos no Tabuleiro. Toda vez que o “Vale dos Mortos” (Já falaremos sobre ele!) for preenchido, ocorre a Pontuação.

Quanto à Pontuação, o Jogo termina quando o primeiro Jogador Marcar 40 Pontos e aqui colocamos o único inconveniente que achamos no Jogo, pois 40 Pontos é pouco. Geralmente uma partida de Aton dura em média 30 minutos. Por aqui aumentamos esta pontuação para 50 ou 60 Pontos, embora já tivemos partidas em que dobramos a Pontuação para término do Jogo.
Quanto ao Tema, é basicamente um duelo de Sacerdotes tentando tomar o controle de 4 Templos e fazer assim, sua Divindade ser a dominante no final da partida.

Colocado o Tabuleiro no centro da Mesa, cada Jogador recebe um punhado de Discos de sua cor e um Conjunto de Cartas, que é igual para ambos os Jogadores. Estas cartas são numeradas de 1 a 4 e servirão para escolhas das 4 opções de Ações que os Jogadores poderão realizar à sua vez.

Aton é um Jogo extremamente fácil de se Jogar, porém um pouco difícil de explicar, pois existe a necessidade de pelo menos 1 partida completa para entender o real significado da Escolha das Cartas e seu posicionamento nas 4 Ações possíveis dos Jogadores. Porém, uma vez que você realizou 1 ou 2 partidas, o Jogo joga bem rápído.
Para tentar explicar as regras, devemos separar 2 coisas aqui:

Templos: Que são numerados de 1 a 4

Cartas: Que são numeradas de 1 a 4

Os Jogadores, no início da partida, recebem um Conjunto de Cartas exatamente iguais, numeradas de 1 a 4, que deverá ser embaralhado e colocado virado pra baixo.

Os Jogadores deverão pegar 4 cartas e escolher como distribuir estas Cartas viradas para baixo, nos 4 espaços de Ações disponíveis a cada Jogador. Uma vez que os 2 Jogadores distribuiram as 4 Cartas nos espaços de Ações, estas são reveladas e cada espaço vai ativar as Ações seguintes:

Espaço 1: O Jogador com Carta de valor mais alto, ganhará Pontos igual ao dobro da diferença entre as cartas dos Jogadores. 

Espaço 2: Este espaço possui 2 Ações importantes:

–  O Jogador com Carta de valor mais baixo, será o primeiro a executar as 3 próximas Ações, incluindo a Ação deste espaço 2.

– Determina o número de Fichas do Jogador adversário que você poderá remover do Tabuleiro do Jogo.

Reparem que aqui existe realmente uma tomada de decisão importante, pois se você joga uma Carta de valor baixo, poderá ser o primeiro a executar as Ações até o final desta rodada, porém, carta baixa aqui, significa que vai retirar poucas Fichas do Jogador adversário que estão no Tabuleiro. Já um Valor alto é interessante para a retirada de Fichas do Jogador adversário do Tabuleiro, porém a chance de ser o primeiro a executar as Ações cai drasticamente.

Mas o que é mais interessante fazer neste espaço ?  Isso vai depender muito de como estão posicionadas as Fichas no Tabuleiro do Jogo. Dependendo da situação, ora Carta baixa é interessante, ora Carta alta é interessante. Prestar atenção nas Fichas no Tabuleiro, significa ter uma boa visão espacial de como anda cada Templo e também o “Vale dos Mortos”, pois dependendo do que fizer aqui, poderá beneficiar mais o adversário que você mesmo.

Espaço 3: Este espaço, considero o grande problema quando explicamos as Regras aos novos Jogadoes e geralmente começo explicando ele, pois ele afetará tanto o Espaço 2, quanto o Espaço 4, mas uma vez entendido, 70% do ensinamento das regras está explicada.

A Carta colocada aqui, determina em qual  Templo você  retirar a quantidade de Fichas do outro Jogador que você escolheu no Espaço 2 e em qual Templo você vai colocar a quantidade de Fichas suas que você escolheu no Espaço 4.

Espaço 4: A Carta colocada aqui, indica quantas Fichas suas você deverá colocar no Templo escolhido no espaço 3.

Reparem que os 4 espaços de Cartas estão muito amarrados. Excetuando-se o Espaço 1 que por sí só já determina os Pontos ao Jogador com maior Carta, todos os demais 3 espaços dependem um do outro. Isso faz com que em Aton, você tenha uma escolha bem difícil de como distribuir as 4 Cartas que vem à mão.


Sobre o Vale dos Mortos ! Existe no Tabuleiro, o Vale dos Mortos, que são 8 espaços abaixo dos 4 Templos. Nestes espaços, deverão ser colocadas as Fichas retiradas dos Templos. Uma vez que estes 8 espaços forem preenchidos, ocorre a Pontuação do Jogo, que é feita em cada Templo, conforme explicaremos a seguir. As Fichas colocadas no Vale dos Mortos saem do Jogo.  No Jogo, poderá ocorrer (E geralmente ocorre!) que o Vale dos Mortos esvazie várias vezes, ocorrendo várias Pontuações ao longo da partida. 
Sobre a Pontuação de cada Templo:

Uma vez que o Vale dos Mortos é completamente preenchido, ocorre uma Pontuação, que leva em consideração as Fichas em cada Templo, conforme segue:

Templo 1: O Jogador com mais Fichas recebe Pontos igual à diferença de valor entre o número de Fichas de cada Jogador. Portanto, caso algum Jogador tenha poucas Fichas neste Templo, é um bom meio de ganhar muitos Pontos simplesmente colocando mais Fichas neste Templo.

Templo 2: O Jogador com mais Fichas neste Templo, recebe 5 Pontos.

Templo 3: O Jogador com mais Fichas recebe número de Pontos igual ao número de Fichas deste mesmo Jogador, que se encontram neste Templo.

Templo 4: O Jogador com mais Fichas, recebe 3 Pontos para cada espaço azul que ele ocupa.

Pontos extras de cada Templo:

Existem, além da Pontuação acima, Pontos extras em cada Templo, que são Pontuados a qualquer Jogador, independente se possuem maior ou menos número de Fichas nos Templos:

Espaços pretos: Em cada Templo, existe 2-3 Espaços Pretos. O Jogador que tiver a maior quantidade de Fichas nestes Espaços Pretos, ganha 8 Pontos. Aqui uma consideração importante: Nas Regras originais, o Jogo termina quando algum Jogador atinge 40 Pontos, portanto 8 Pontos cedidos nestes Espaços pretos são 20% da Pontuação total, portanto, a disputa por estes Espaços pretos durante a partida, pode ser bem interessante.

Espaços com Bônus (Laranjas): Existem alguns Espaços Laranjas nos Templos, que dão Bônus ao Jogador que possui Ficha sobre ele. Existem, espalhados nos Templos, 4 Espaços + 1 e 2 Espaços +2.

Término da partida:

O Jogo termina quando uma das seguintes condições ocorrer:

– Primeiro Jogador marcar 40 Pontos.

– Algum Jogador ocupar todos os Espaços de 1 Templo, seja ele qual for.

– Algum Jogador ocupar todos os Espaços Amarelos nos 4 Templos.

– Algum Jogador ocupar todos os Espaços Verdes nos 4 Templos.


O que achamos do Jogo:

Aton não é um Jogo fácil, principalmente por você receber apenas 4 Cartas na rodada e ter que se virar com elas. Existe uma Regra que durante a partida, somente 1 vez, você pode descartar as 4 Cartas da Mão e pegar 4 Cartas novas, mas isso realmente não ajuda muito.

O principal problema do Jogo é escolher onde colocar Cartas Altas ou Baixas nos 4 Espaços de Ações. Além disso, terá que não ficar muito previsível nas Escolhas, pois dependendo disso, o Jogador adversário poderá prever o que irá fazer nas próximas rodadas.

A quantidade de Pontuação existente neste Jogo é absurdamente alta para um Jogo com tão pouca mecânica. Terá que jogar Aton várias vezes e ir descobrindo onde conseguir mais Pontos ao longo da partida, além de tomar muito cuidado com os Espaços Verdes ou Amarelos, pois podem dar Vitória automática ao Jogador que preenchê-los com suas Fichas. Às vezes, você dá muita atenção a alguma Pontuação e esquece destes espaços.




Para um Jogo destinado a apenas 2 Jogadores e com uma mecânica e componentes bem resumidos, Aton se destaca, devido principalmente ao fato de você ter pouquíssimas Cartas e ter que utilizá-las da melhor forma possível.

Para aqueles que não conhecem, recomendamos Aton à todos !

Jogo altamente recomendado !

Blog de Origem: Clube do Tabuleiro de Campinas
Link: http://ift.tt/2meAoPr
Autor: Wagner

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s