Strasbourg

Lançado em 2011 pelo grande Stefan Feld, Strasbourg é um jogo basicamente de leilão, onde os jogadores são importantes famílias do Século XV tentando influenciar as Guildas de Artesãos além do Clero e da Monarquia para conseguir mais prestígio que as outras famílias.

O jogo roda durante 5 turnos, em cada um desses turnos temos 7 leilões, mas o grande barato do Strasbourg é justamente como funciona esse leilão.

Os jogadores recebem um deck de 24 que variam de 1 a 6 pontos de influência, no início de cada turno os jogadores vão comprando carta a carta até estarem satisfeitos para os leilões daquele turno.

A cada turno, uma série de leilões são efetuados.

Uma vez escolhidas as cartas, essas são separadas em pilhas que não podem ser mexidas (mas podem ser consultadas sempre pelo jogador) e que servirão como a influência que você vai usar nos leilões.

Vale ressaltar que as cartas são aquelas para o jogo todo, então esse planejamento é muito importante, é sabido que você não vai conseguir participar de alguns dos leilões, então focar na sua estratégia para ganhar aquele leilão pontual, é muito importante.

Basicamente você tem um primeiro leilão de influência do Clero + Corte, depois alternam-se 3 leilões das Guildas (são 5 Guildas distintas, então tem rodadas em que alguma não aparece), e 3 leilões para venda de produtos no mercado (para conseguir dinheiro).

Você separa as cartas de influência para dar os lances.

Os leilões dão direito a colocar seus familiares na cidade, e prédios/catedrais que dão pontos no final da partida, e após os 5 turnos do jogo vem a pontuação final que vai definir a família com mais prestígio entre todas.

Strasbourg é um típico jogo do Stefan Feld, com engenhocas para pontuar, um sistema bem inteligente de leilãoe em que você curte a jogatina e demora pouco mais de uma hora na partida, o único ponto ruim dele, é que é difícil de encontrar, mas se você conseguir sentar para uma partidinha, vale muito a pena.

Ainda vai colocando a sua família espalhada pela cidade.

Blog de Origem: E aí, tem jogo? – A sua página sobre jogos de tabuleiro moderno.
Link: http://ift.tt/2hDka4Y
Autor: Carlos “Cacá”

26/08: 99 Castelo das Peças

Dia 26 de agosto vai ser realizada a 99ª edição do Castelo das Peças.
 
O evento vai ser realizado na ECDD (Escola de Comunicação e Design Digital) que fica na Rua do Rosário, 129 no centro da cidade. A ECDD fica perto do metro estação Uruguaiana.
 
O horário é de 9h00 até as 17h30.
 
É no velho esquema de levar os jogos. Quem tiver interesse em algum jogo ou quer marcar alguma partida pode usar o grupo ou a fanpage no Facebook.
 
Quem quiser algum jogo específico basta ver aqui na coleção que esta no Board Game Geek (https://goo.gl/zJWCa0) e pedir que eu levo no dia.
 
O espaço do evento esta dividido da seguinte forma:
 
O auditório no primeiro andar estará a Area de Protótipos.
 
O segundo andar na área de convivencia vai ter mesas para o pessoal jogar.
 
E no quarto andar é onde vai estar o Acervo do evento e o pessoal da Legion CG com jogos e acessórios para venda.
 
A ENTRADA É GRATUITA, MAS PARA MANTER O EVENTO PRECISO DA AJUDA DE VOCÊS!!!
QUEM PUDER CONTRIBUIR COM R$20,00 OU MAIS, VAI AJUDAR A GARANTIR O ALUGUEL DE MESAS, CUSTEAR MONITORES PARA O EVENTO E A VOLTA DE SORTEIOS.
 
Estarei com jogos e acessórios da Grow, Kronos Games, New Order, Sherlock S.A., Ludofy, Arcano Games, Copag, Geek and Orcs, MS Jogos, Bucaneiros, Papaya, Mitra, Ludens Spirit, Hasbro, Devir, Retropunk, Ace Studios,Fun Box, Red Box, Mandala Jogos, Pensamento Coletivo, Fire on Board, Mamute Jogos, Potato Cat, PaperGames, Arcano Games, Conclave e Galápagos para quem quiser conhecer e jogar.
 
 
 
SERVIÇO:
99º Castelo das Peças
Dia: sábado, 26 de agosto de 2017
Horário: das 9h00 as 17h30
Local: ECDD (Escola de Comunicaçãoo e Design) – Rua do Rosário, 129 – Centro – Perto da estação Uruguaiana de metro
Entrada: GRÁTIS
Classificação etária: LIVRE

Blog de Origem: Castelo das Peças
Link: http://ift.tt/2uizkCs
Autor: shamou

Magic Maze !


Imagens retiradas do Site BoardGameGeek !
O que estariam fazendo um Anão, um Elfo, um Bárbaro e um Mágico correndo desesperadamente por um Shopping de Produtos mágicos ? Estariam procurando Artefatos que lhes sejam úteis, diria você… Sim ! 
Magic Maze foi lançado em 2017 e tem idade indicativa à partir de 8 anos, comportanto até 8 Jogadores e com tempo de partida girando em torno de 15 minutos.
Trata-se de um Jogo Cooperativo, porém temos aqui uma situação realmente crítica, que é a falta de comunicação entre os Jogadores. Como assim, Cooperativo e sem comunicação alguma !
Cada Jogador assume o papel de Anão, Elfo, Bárbaro ou Mágico, representado por Peões simples até, que deverão percorrer os inúmeros corredores do Shopping de Produtos mágicos e cada um deles deverá pegar seu Artefato, que estará desenhado em algum dos Tiles do Jogo. Mas não basta isso ! Depois que cada um pegou seu Artefato, todos deverão sair do Shopping por saidas que correspondem às cores de seus Peões.
Mas onde está o problema nisso ?
Os Peões do Jogo pertencem à todos os Jogadores, portanto, você poderá mover qualquer um deles pelos corredores que formam um Labirinto dentro do Shopping.
O problema é que o Shopping é modular e irá se montando aos poucos. Portanto, aquele seu Artefato que precisa pode estar no último Tile que entrará em Jogo, não permitindo que saiam do Shopping antes de recolhê-lo.
Além disso, ao colocar novos Tiles, a passagem de um Tile para outro deverá ser feito por um dos 4 personagens somente e é preciso posicioná-los de forma que não seja colocada uma barreira que impeça a passagem dos personagens de um Tile para o outro.
Agregado a isso, cada jogador receberá no início da partida 1 Carta que dará a este Jogador a direção do movimento e 1 Ação que poderá executar.
As Cartas variam de acordo com o número de Jogadores, mas de forma geral cada uma dá opção de movimento Norte, Sul, Leste, Oeste além de Ações como Lupa, Portal e Escada rolante.
– Lupa permite você atravessar Tiles
– Portal permite você pegar um Peão sobre determinada cor de Portal e transferí-lo imediatamente a qualquer outro Portal da mesma cor.
– Escada rolante pemite, é óbvio, que você utilize a Escada rolante no seu movimento.
E como todo Jogo tem um complicador, temos uma Ampulheta de cerca de 3 minutos que deverá ser virada no início da partida. Isso não significa que você tem somente 3 minutos para recolher seus Artefatos e sair do Shopping, pois existem alguns lugares dos Tiles marcados com uma Ampulheta e toda vez que algum dos personagens parar neste local, a Ampulheta é virada novamente, fazendo com que você tenha + 3 minutos e por aí vai. O problema é que uma vez utilizado este espaço de Ampulheta, coloca-se um marcador sobre ele, indicando que não mais poderá ser utilizado.
A Ampulheta é o fator estressante do Jogo, pois o número de espaços desenhados com Ampulheta é limitado  e você não pode, por exemplo, utilizá-lo quando a Ampulheta ainda estiver com um bom tempo de Areia, pois será desperdício de tempo. Por outro lado, se deixar pra virar a Ampulheta quase no final da Areia, corre-se o risco de não conseguir chegar neste espaço, fazendo com que a Areia acabe e todos percam. 
E para complicar de vez a situação, os Jogadores não podem conversar durante a partida, exceto em alguns momentos quando a Ampulheta é virada, porém, vale somente 1 informação. Depois disso é silêncio total !
Como no jogo cada Jogador só pode mover os Peões em 1 direção, é um tal de Jogador mover de A para B e depois outro jogador voltar de B para A, fazendo com que nao exista realmente uma Estratégia definida.
Sabemos que os Peões precisam pegar seus Artefatos e sairem do Shopping antes que a Areia da Ampulheta acabe. Com isso movimentá-los de forma mais eficaz possível é sucesso para todos, mas uma vez que não existe comunicação, as coisas realmente ficam Caóticas durante a partida.
Existe 1 Peão gigantesco que poderá ser colocado à frente de outro Jogador, de forma a avisá-lo que ele tem que fazer algo, porém, esta informação não é transmitida pois é proibido comunicação entre os Jogadores e em muitos casos, você recebe o Peão e não sabe o que fazer.
Existem alguns problemas aqui meu caro:
– Falta de comunicação
– Temporizador de Areia
– Encontrar os Artefatos que estão nos Tiles
– Mover os Peões
– Sair do Shopping antes que a Areia acabe.
Magic Maze pode, de certo modo, ser comparado a Escape: The Curse of the Temple, porém, neste, o tempo é definido no início (10 minutos). Já em Magic Maze o tempo quem define são os Jogadores, pois a Ampulheta, sempre que é virada, te dá + 3 minutos de sobrevida.
O que achamos do Jogo ?
Gostamos de Jogos Cooperativos, mas desde que você possa planejar algo em conjunto com os outros Jogadores e desta forma, ir resolvendo os problemas do Jogo, mas Magic Maze sai deste padrão já que impede justamente esta comunicação.
Estar atento aos locais onde os Peões se encontram, onde se encontram seus Artefatos e depois disso, ainda achar a saída de forma rápida, faz com que exista muito confronto de ideias. Ideias que ninguém sabe quais são, pois cada Jogador tem seu plano em mente e praticamente todos as executam ao mesmo tempo, tornando o Jogo Caótico e muitas vezes irritante, pois você pode simplesmente mover seu Peão para um local específico, acreditando que ali poderá tirar mais proveito e o Jogador seguinte simplesmente voltar com ele na posição que estava.
Mas é um Jogo ! Divertido ! E que lhes darão muitas risadas, principalmente quando situações como a citada anteriormente acontece, pois no final vem todas as perguntas do porque fez aquilo, ou isso.
Existe planejamento neste Jogo ? Dificilmente !
Você precisa ir se moldando às situações que ocorrem rapidamente e o Jogo não permite muito que você fique pensando no que fazer, pois o tempo corre rápido e é preciso ser rápido para fazer todas as coisas que precisam ser feitas.
Recomendamos para aqueles que querem diversão ! E também pelo tempo curto do Jogo, pois rapidinho você corre o risco de ficar sem Areia.
Jogo não recomendado para Jogadores Alfa (Que querem fazer tudo!) e nem para aqueles que se irritam com que os outros fazem, principalmente quando erros tolos são cometidos !
Magic Maze realmente surpreendeu !

Blog de Origem: Clube do Tabuleiro de Campinas
Link: http://ift.tt/2uz5gOr
Autor: Wagner