Velharia, Jaipur.

Esse é um daqueles jogos muito tranquilos, para apenas dois jogadores, no papel de negociantes de mercadorias como sedas, ouro, rubis, couro entre outros….ahhh sim dromedários também. Obra de Sebastien Pauchon, indicado para jogadores a partir dos 12 anos (exagerou), jogado em 30 minutos numa melhor de três partidas.

Jogo de cartas, além delas os componentes são um grupo de marcadores, conforme cada tipo de mercadoria, variando com mais peças para as mercadorias mais comuns de menor valor, para menos peças como rubis e ouro, cujo valor é maior. Cada pilha é separada por tipo e valor quando for o caso, além de peças bônus por fazer trocas de mercadorias, misture bem.

Na sua vez embaralhe as cartas, separe inicialmente 3 dromedários para compor o set inicial de mercadorias no mercado (cartas abertas no centro da mesa), cada jogador recebe então 5 cartas e duas mais, são abertas ao lado dos dromedários no mercado central.

Jogar é comprar carta do mercado ou vende mercadoria para o mercado (banca), em troca dos marcadores descritos anteriormente. Ao vender 3, 4 ou 5 mercadorias, recebe um dos bônus equivalentes, em cujo verso, ocorre pontuação extra e variada.

Se houver dromedários no mercado, é obrigado a levar todos para sua mão, aliais abertos na mesa a sua frente. Estes bechenos, tem lá sua função e ao comprar,  podem ser trocados por mercadorias no mercado. Ao final do mão, o jogador com mais cartas de dromedários, recebe um bônus extra.

Basicamente é isso, compra carta, vende carta, e a sacanagem fica por conta de empurrar dromedários para o mercado, notar que mesmo assim conta na pontuação final.

O jogador que ganhar duas mãos seguidas vence, ou então a melhor de três partidas.

Jaipur, jogo de 2009, é tranquilo, rápido, fácil de aprender, bom para jogar nos finais de noite, ou enquanto alguns esperam outros alguns, que não chegaram ainda para a jogatina.

Fica a dica para quem não conhece. Antes que esqueça, velharia!….figura de linguagem , bom jogo.

Abraço!

Blog de Origem: Mundo do Tabuleiro
Link: http://ift.tt/2huge3p
Autor: Hermes

Anúncios

Dice Forge

Vocês já devem ter ouvido falar em dice building, alguns bons exemplos são o Marvel Dice Masters e o Quarriors!, mas eles vão precisar de outra descrição depois de Dice Forge, esse sim é um dice BUILDING!

Em Dice Forge cada jogador começa com 2 dados com as mesmas faces, e precisa durante uma quantidade de rodadas (definidas pela quantidade de jogadores) fazer pontos, e para ajudar nesse processo você pode comprar cartas ou comprar faces para seus dados e melhora-los.

Área de cada jogador, dados, cartas e marcadores!

As rodadas são extremamente simples, os jogadores todos rolam seus dados e ajustam seus marcadores de ouro, sol, lua e pontos, dependendo do que saiam nos dados, aí o jogador da vez faz as suas ações.

São duas ações possíveis, a primeira fazer uma oferenda aos deuses. Essa é a ação que faz do Dice Forge um jogo único.

Nessa ação o jogador gasta ouro para comprar uma ou mais novas faces para o seus dados, podendo assim ir otimizando resultados fazendo upgrades de cada uma das 12 faces iniciais.

 
Aqui você pode comprar novas faces para os seus dados.

A segunda ação é fazer um ato heroico. Nessa ação vamos até o display de cartas, onde temos disponíveis 15 cartas que vão ajudar aos jogadores a fazerem pontos, a terem melhor desempenho na hora da obtenção de recursos pelos dados, entre outras coisas.

Para isso você vai com o seu peão até o lugar escolhido, paga os recursos e pega a cartinha em questão. Essas cartas tem quantidades limitadas, então é legal você se planejar para pegar as melhores para não dar chance aos seus adversários.

E simples assim, você tira uma e coloca outra.

E o jogo é isso, no final das rodadas definidas os jogadores somam os pontos que ganharam durante a partida aos pontos de cartas, e quem tiver mais pontos é o vencedor.

Dice Forge é daqueles jogos que agradam muito, regras simples, alguma interação entre os jogadores, arte muito bonita, produção caprichadíssima, sem necessidade de ler os textos (tudo bem iconizado), é o típico jogo que faria sucesso no mercado nacional, agora é só esperar alguém trazer.

As cartinhas que te ajudam a pontuar, tudo lindão!

Blog de Origem: E aí, tem jogo? – A sua página sobre jogos de tabuleiro moderno.
Link: http://ift.tt/2xweaiL
Autor: Carlos “Cacá”