RSS

Arquivo da categoria: Mundo do Tabuleiro

Direto do Túnel do Tempo, Notre Dame.

Get The Crestock Daily Free Stock Photo Here

Então senhores, Notre Dame é um eurogame típico criado por Stefan Feld, que já tem seus oito anos (2007), e  fazia uns três anos que estava na prateleira aqui sem ver mesa. Mas é um bom jogo, então vai ficar na minha coleção.

Idade Média, peste Negra, tema colado, poderia ser qualquer assunto, o jogo tem sua mecânica baseada em cartas, com as quais escolhe as ações a fazer. A cada rodada um grupo de personagens é aberto e disponibilizado para ser “subornado” e assim usar o poder atribuído a carta. As demais cartas entram no jogo a partir do deck do jogador, ao sacar três entre as nove cartas disponíveis, escolher entre elas uma e passar duas ao jogador a sua esquerda, que por sua vez escolhe uma e passa a última para o jogador seguinte.

Em primeiro plano a escala de Ratos.

Desta forma assim que todos os jogadores distribuírem três cartas, todos vão terminar a fase com três cartas, ma\s duas de forma aleatória, sem saber o que vai ser possível fazer exatamente. Esta situação confere ao Notre Dame, um certo caos,  do qual o jogador deverá saber tirar o melhor proveito.

Então…ao escolher uma das três cartas e executar a ação de imediato, que consiste em colocar influência ( representado por cubos de madeira de sua cor), em uma dos espaços do tabuleiro, ou melhor no espaço possibilitado pela carta que foi jogada. Desta forma é possível obter influência, dinheiro, mover a carruagem, combater a peste, obter pontos de prestígio (traduzido para pontos de vitória ), doar dinheiro a Notre Dame em troca de pontos. É gerenciamento, mas o limite das possibilidades de jogadas, o caos do imprevisto, é estabelecido pelas cartas que tem na mão.

Ao fundo descarte das cartas de ações dos jogadores.

As cartas de personagens abertas ao iniciar a rodada, também servem para estabelecer  a multiplicação de ratos, desta forma elevando o risco da peste negra, pois sobre o tabuleiro do jogador existe a escala da peste, que ao ultrapassar nove( máximo da escala) faz o jogador perder influência e pontos de prestígio, isto sempre que o valor máximo for ultrapassado.
Existem formas de combater a praga, usando o hospital, praça, ou personagens. Reside ai as necessárias adaptações, que o jogador deve conseguir fazer para sobrepujar o risco da peste, enquanto corre atrás dos pontos de prestígio, e não é  raro o jogador se ver na contingência de tentar conter a praga e deixar os pontos de lado.

O jogo termina assim que nove rodadas forem jogadas, sendo o tempo controlado pelas cartas das fases A/B/C ( verso das cartas, três em cada fase)). Vence quem obter mais pontos de prestígio.

Notre Dame é um jogo bacana, justo pelo mecanismo de cartas, o caos e a interferência que jogadores atentos podem tentar estabelecer ao passar cartas para o jogador oponente. Claro que mesmo isso pode não ser fácil, pois a maior preocupação é como melhor usar as duas cartas que poderá usar a cada rodada.

Muita gente acredito não conhecer o jogo, ainda porque foi sacado do Túnel do Tempo (lá do ano de  2007), mas tenha certeza, Notre Dame é um jogo  bacana e agradável, roda fácil, e salvo alguns poucos pontos das regras, como a distribuição de cartas e o uso de Notre Dame (que vai exigir um pouco mais de atenção) é fácil de ser explicado e entendido.

Fica a dica e recomendação.

Abraço!

Blog de Origem: Mundo do Tabuleiro
Link: http://ift.tt/1CjEk63
Autor: Hermes

 
Deixe um comentário

Publicado por em 23/03/2015 em Mundo do Tabuleiro

 

Tags: , , ,

N°15- Forbidden Stars.

Get The Crestock Daily Free Stock Photo Here
Segue mais um jogo novo lançado agora em 2015.

15- Forbidden Stars

Autor – Samuel Bailey, James Kniffen e Corey Konieczka
Editora – Fantasy Flight Games
N°de jogadores 2 a 4
Idade inicial sugerida 14 anos
Tempo de duração estimada  180 minutos
Tema – Miniaturas, Ficção Científica

Mecânicas -  Controle de Área, Modular, poderes variados

Ideia do jogo-  O setor espacial de Herakon ficou livre após décadas de controle, logo potencias da  galáxia partem para sua conquista ao custo de muitas vidas.

O jogador no comando de frotas de guerra ,enfrenta outros povos igualmente interessados em estabelecer seu poder sobre a região. Assim  Eldars, Sunz Orks, Eaters, entre outros, cada qual com suas características únicas, partem para a guerra, cada qual  persegue objetivos diferentes espalhados por todo o setor de Herakon.

Gosto da ficção cientifica, aqui a proposta parece bem interessante, essa coisa de poderes variados dá a um jogo sempre a  possibilidade de partidas bem diferentes uma da outra. Um detalhe é da família do Warhammer 40.000.

Fica a dica!

Link para publicação N°14  (Elysium)
Link para listas de jogos de 2013 e 2014.

Fonte da imagem BGG





Blog de Origem: Mundo do Tabuleiro
Link: http://ift.tt/1OnbFSC
Autor: Hermes

 
Deixe um comentário

Publicado por em 22/03/2015 em Mundo do Tabuleiro

 

Tags: , , ,

Carcassonne Dice

Get The Crestock Daily Free Stock Photo Here
Joguei no último encontro do Péricles o Carcassonne Dice. É muito simples, rápido, fácil de explicar, consequentemente para aprender também e é bem divertido.
O tradicional jogo Carcassonne, conta com muitas expansões, cada qual a munir o jogo com novas peças, regras, temas cada qual incrementando o jogo um pouco mais. Se alguém me perguntar se gosto de jogar o Carcassonne?… diria que sim!…. gosto de sua simplicidade, variações e combinações possíveis, agrada a modularidade,  mas não sou de jogar com frequência, prefiro uma partidinha vez e outra.

Olha a beleza do estojo de peças.

Também sempre foi e é um ótimo jogo apara usar como introdução ao mundo dos tabuleiros. Agora  aliado ao jogo original, os caras forma lá e criaram uma versão jogo de dados, ainda mais simples e divertida.

No Carcassonne dice, o jogador rola nove dados, no qual as figuras das faces são os perfis das linhas das cidades, equivalentes das peças do jogo original, têm ainda os meeples a as catapultas. Ao rolar os dados, as figuras de catapultas, representam dados perdidos e passados imediatamente para o jogador a sua esquerda, não servem para nada para o jogador da vez. Os meeples, quando três figuras (três dados), o jogador poderá guardar um dos dados na sua área de jogar e na sua vez seguinte de jogar, rola o dado junto com os demais mas pontua o dobro. Já as faces dos dados, com o perfil estilizado das cidades, são usados para fechar figuras de cidades, como se fossem as peças do jogo original.
O jogador pode também rolar por três vezes os dados, em qualquer quantidade que achar conveniente, enquanto procura montar o melhor conjunto e pontuação.

Componentes.

Uma tabela de conversão indica os pontos obtidos, sempre que uma cidade é fechada. Os pontos são anotados e o jogador que primeiro somar 42 pontos é o vencedor da partida. Simples não é!…. mas é bem isso.

Exemplo de jogada, Uma cidade fechada com quatro peças, 
três meeples, quando então um pode ser 
guardada para pontuar dobro e a catapulta, um dado 
perdido ao aparecer na vez do jogador.

O jogo prima pela simplicidade, já o estojo em formato de meeple, feito em chapa de metal, com alto relevo e tudo mais, a arte bem marcante e típica do Carcassonne, confere ao jogo uma conjunto muito bonito.

Bom se me perguntar ” gostou do jogo”… diria que bastante, joguinho de dados bem interessante e agradável, bom para ter na coleção, e com certa frequência poderia vir a mesa para fechar aquela noite de jogatina.

Fica a dica.

Abraço!

Blog de Origem: Mundo do Tabuleiro
Link: http://ift.tt/1wO7w4w
Autor: Hermes

 
Deixe um comentário

Publicado por em 15/03/2015 em Mundo do Tabuleiro

 

Tags: , , ,

No Além do Muro, também existe jogatina.

Get The Crestock Daily Free Stock Photo Here

Grupo Além do MuroO criativo nome Grupo Além do Muro já mostra que estamos conhecendo uma galera muito bacana. Confesso que fiquei surpreso ao deparar com imagens das jogatinas,  e ver que estão a todo vapor nos encontros e iniciativas. Falei então o Bruno D. Kretzmann, que prontamente aceitou participara da iniciativa, gastou um pouco de seu tempo para falar conosco e contar a história do grupo de Jundiaí- SP.

1-Para começar… Além do Muro!!, qual a origem do nome? 

Em 2008, o Além do Muro foi criado e seu nome homenageia uma epopeia literária de humor bobo e absurdo criada por membros do Grupo. Ela falava sobre um mundo especial, o qual só podia ser alcançado escalando um grande muro. A metáfora da superação de obstáculos foi a máxima escolhida por eles, para que juntos buscassem levar adiante os sonhos uns dos outros, a fim de nunca desanimarem.

2 – Quem fundou o clube?… e quando foi?… com quantos participantes ao iniciar?

R: O Grupo Além do Muro foi fundado em meados de 2008 por Bruno Davi Kretzmann (eu), Luis Felipe Kretzmann Raimundini (primo), Karina Kretzmann (irmã) e Rebeca Schwarz Ferrari Kretzmann (esposa, na época namorada). O interesse inicial era que juntos trabalhássemos em geração de conteúdo cultural, na forma de histórias em quadrinhos e literatura. Porém, o grupo deu uma esfriada, visto que estávamos todos atarefados com faculdade e busca por emprego. Com o tempo, começamos a iniciar encontros de jogos para reunir os amigos, até que percebemos quanto essa nossa iniciativa poderia crescer e abraçar mais adeptos do hobby. E claro, criação de jogos entrou para a lista de conteúdo que queremos criar.

3- Qual o motivo para iniciar o grupo de jogos?

R: É gratificante ver quantas pessoas conseguimos unir para se divertir. Muitas sequer sabiam que existiam tantos possíveis amigos com gosto em comum na cidade e região. Posso estar falando por mim, mas sei que alguns dos membros atuais do grupo compartilham comigo o sonho de viver desse hobby, fomentando cultura e entretenimento, e podermos nos dedicar 100% do tempo a levar diversão sadia para o público jovem e adulto.

4- O que já foi feito as voltas do clube, eventos, campeonatos, são ativos a este ponto?

R: Começamos organizando um Torneio de Magic : The Gathering, que foi o que nos mostrou que a organização de eventos podia vingar. Porém, devido a muitos adeptos do card game preferirem freqüentar lojas e também por uma falta de maturidade nossa no ramo, os torneios minguaram. Certo dia, conhecemos os jogos de tabuleiro modernos e transformamos nossos Encontros no formato que é mais conhecido hoje, algo nos moldes do RedomaBox Offline organizado em São Paulo, que nos inspirou muito, e o Joga Sampa. Com o crescimento do evento e surgimento de novas parcerias, estamos nos aprimorando na área de campeonatos, como foi o caso de estarmos sediando regionais de Carcassonne de Março a Maio deste ano, em parceria com a Devir.


5- Como funcionam os encontro? ..periodicidade, são semanais?

R: Realizamos eventos mensais, parando apenas em Janeiro e Dezembro. Temos como meta sempre começar o ano com novidades para o público e nesses mais de dois anos de exsitência do Evento creio termos conseguido atingir este objetivo.
Em 2014, começamos a receber editoras e game designers no evento, além de oferecer uma lanchonete e almoço sob nossa responsabilidade durante o evento, Batalha Campal ocorrendo em alguns eventos pontuais, gincanas e parcerias com lojas locais.
Em 2015, no primeiro evento do ano em 21 de Fevereiro, contamos com a presença de 4 lojistas (Funbox, Medieval Toys, Bg Express e Boomer Brinquedos), que vendiam de board games nacionais e importados a action figures, Magic e outros colecionáveis.
Um ponto diferencial e responsável por criar uma identidade própria do evento foi a criação de uma gincana chamada Batalha dos Clãs. Criada com o intuito de integrar todos os participantes socialmente, cada um recebe um crachá de seu Clã (Dragões, Grifos, Faunos e Sereias) e marca pontos a cada jogo do qual sai vitorioso durante o dia. Ao final do dia, o Clã com maior pontuação faz a festa e, graças a nossas parcerias, poderemos até nos empenhas mais a premiar os participantes ou sortear algo entre eles.

6- Qual é o tipo de jogo jogado?

R: Priorizamos jogos simples e party games para iniciar o público novo e curioso no hobby. Estamos procurando incentivar cada vez mais que o público leve seus próprios jogos e ajude na tarefa de ensinar sempre, e aprender também, pois assim o evento se torna mais auto-suficiente. E se você quer apenas marcar com a galera pra jogar lá com a sua galera aquele seu heavy board game, que está todo empoeirado na prateleira, por algumas horas, quem somos nós para proibir?


7- Qual é o jogo que desde o princípio é jogado, é a curtição do pessoal?

R: Saboteur sempre foi bem jogado e a galera se diverte muito. Mas Resistance e Avalon pareceram ser os grandes campeões, rendendo muita risada, conspiração e histórias pra contar. Sempre tem alguém jogando Magic, por isso estamos pensando em melhorar e oferecer torneios e atrações próprias para esse público.

8- Quantos jogadores participam das jogatinas regularmente hoje em dia?

R: O primeiro encontro, em Maio de 2012, reuniu pouco mais de 20 jogadores de Magic : The Gathering e ocorreu em um salão de condomínio. No final de 2013 nós  migramos para a Associação dos Moradores do Bairro Eloy Chaves, em Jundiaí – SP, para conseguir melhor acomodar o público crescente, que girava em torno de 80 pessoas por mês. Este ano, nosso evento de abertura em 21 de Fevereiro, reuniu cerca de 150 pessoas, provavelmente graças a grande ajuda em divulgação e atrações que estamos tendo. Resta continuar progredindo sempre para ver se esse público se mantém.
Pontualmente, estamos sendo convidados para participar de outros eventos em locais diferentes, além de várias atividades sócio-culturais que ainda estamos avaliando como vamos abordar, como visitar oficinas pedagócias, escolas e afins. Já participamos de feiras medievais, eventos em Shopping Center, encontro de quadrinhos, encontro literário… e em 18 de Abril rolará nosso primeiro evento em parceria com a Prefeitura e Biblioteca Municipal de Jundiaí. Um espaço super moderno onde além de ter jogos, lojistas e designers presentes, vamos ter o lançamento do primeiro livro com o selo Além do Muro, escrito por mim, O Mago de Naminaroth e a Fênix.
As fotos e cobertura de todos os nossos eventos podem ser conferidas nos álbuns de nossa fanpage, e fica nítida nossa evolução com o passar dos meses.

9- Quantos jogos no acervo dos membros  do clube, no geral?

R: Tivemos doações generosas de jogos por parte da Grow, Galápagos, MS Jogos e Kalango Analógico para o acervo de nosso evento. Somando isso aos acervos pessoais dos membros ativos do grupo, temos cerca de 50 jogos disponíveis para o público em todos os eventos. Porém, esse número sempre cresce um pouco conforme o público desenvolve esse vício de comprar seus próprios jogos e levar para o evento, ajudando demais o nosso trabalho, principalmente ao ensiná-lo para outras pessoas.
10- Como o grupo se relaciona com outros grupos da região?.. ocorre esse tipo de encontro?

R: Foi muito bacana ver novos grupos e amizades se formando dentro de nossos encontros. Procuramos estar sempre juntos e nos ajudar na divulgação do trabalho um dos outros, além de nunca dispensar uma oportunidade de jogar! Uma meta que estamos trabalhando é de conhecermos mais iniciativas como a nossa na região para, além de fazer novos contatos, aprender sempre a como melhorar a experiência que proporcionamos aos nossos visitantes.

12- Como os interessados podem fazer para entrar em contato com vocês e participar dos encontros?

R: Nos procurem no facebook. http://ift.tt/1MCCjoJ. Lá você sempre estará bem informado sobre nosso calendário de eventos e projetos. E recomendamos o álbum “Tudo Além do Muro” para quem conhecer um pouco mais sobre o nosso trabalho e como funcionam os eventos. Estamos sempre querendo fazer novas parcerias e receber a todos.

13- Deixe uma mensagem para o pessoal que acompanha o Mundo do Tabuleiro?

R: Joguem muito, sejam bons perdedores e valorizem as amizades que esse hobby fantástico nos ajudou a conseguir. Não abandonem seus sonhos e, se você estiver na região de Jundiaí ou mesmo São Paulo e Campinas, no dia de um dos nossos eventos, dê uma passada aqui. Você será muito bem recebido e faremos questão de te mostrar que existe um mundo cheio de maravilhas que você talvez ainda não conheça, Além do Muro.




Então senhores, bacana esse pessoal em!…você que é da região, tai perdido, desaminado, sem ninguém para jogar…. deixa disso e vai se juntar a essa galera exemplar.

Post Anterior da série Clube Péricles.

Abraço!

Blog de Origem: Mundo do Tabuleiro
Link: http://ift.tt/1bavtcI
Autor: Hermes

 
Deixe um comentário

Publicado por em 15/03/2015 em Mundo do Tabuleiro

 

Tags: , , ,

Chamada!… 7 anos do Péricles, vai rolar Pizza!

Get The Crestock Daily Free Stock Photo Here
Então amigos…

para comemorar os sete anos do Clube Péricles, vamos fazer um pequeno evento, vai rolar Pizza (não de petróleo), cerveja com certeza.

Fica o convite para quem desejar participar…. entrar em contato aqui por este canal ou pelo facebook do grupo.

Abraço!

Blog de Origem: Mundo do Tabuleiro
Link: http://ift.tt/1FbE7mm
Autor: Hermes

 
Deixe um comentário

Publicado por em 13/03/2015 em Mundo do Tabuleiro

 

Tags: , , ,

Demorou, mas esta chegando!

Get The Crestock Daily Free Stock Photo Here

Puerto Rico da  Grow…depois de muita espera,  agora a partir de 20  de Abril vai estar disponível para pré venda.

O Jogo já vem acompanhado de duas expansões, cito ” Novas Construções e os Nobres”,  o que não vai dar chance para maiores criticas de incompatibilidade.

O que têm de bom nisso??…. tudo!!!… Puerto Rico apesar dos bons aninhos, continua a ser um dos jogos que muito me agrada, remete a lembranças de quando fui joga-lo a primeira vez e ficar encantado com sua mecânica.

É um clássico, um baita jogo, um dos melhores entre os eurogames, e estava mais do que na hora de estar disponível no Brasil, onde sua presença só vai ajudar a consolidar e mudar definitivamente, o conceito do que são jogos de tabuleiros modernos, para aquele pessoal que mais casualmente compra um jogo.

Grande Nova, muito sucesso e para quem ainda não conhece… eis uma bela oportunidade.

Abraço!

Nota: imagem fonte Grow.

Blog de Origem: Mundo do Tabuleiro
Link: http://ift.tt/1Ar5pPf
Autor: Hermes

 
Deixe um comentário

Publicado por em 12/03/2015 em Mundo do Tabuleiro

 

Tags: , , ,

Novo espaço Lúdico, agora em Natal… Dunas.

Get The Crestock Daily Free Stock Photo Here
É sempre bom ver uma notícia como esta. O povo de Natal – RN, pode contar agora com um ótimo espaço para jogar ou comprar jogos de tabuleiros.

Dá uma olhada ai no lugar, muito bacana….Dunas Jogos de Tabuleiros , iniciativa do Daniel Portugal e Hélio Alcantara.

Mundo do Tabuleiro deseja muito sucesso para os envolvidos, pois são espaços como estes espalhados de preferência em todo o Brasil, que vão cada fez mais espalhar a cultura vinculada aos jogos de tabuleiros.

Parabéns Daniel e Hélio, muito sucesso!


Abraço!

Blog de Origem: Mundo do Tabuleiro
Link: http://ift.tt/1x9e2xF
Autor: Hermes

 
Deixe um comentário

Publicado por em 09/03/2015 em Mundo do Tabuleiro

 

Tags: , , ,

 
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.