Esse é o tipo de coisa que deve ser apoiado.

Mansão de peças! conhece?

Não!..nem eu!

Na realidade, conheci a ideia há alguns dias, quem passou um convite foi o Leandro Pires, lá dos idos da Ilha do Tabuleiro. Bom a ideia é simples e bacana.
Veja ai data, local e horário.

É para os criadores de jogos, e sem duvida esse é o tipo de coisa que só vem a ajudar tudo e todos, afinal é só jogo protótipo que entra e só eles serão jogados. Na primeira edição só criadores convidados, o que acho coerente, serve para medir o andamento de tudo que se passa em evento desse tipo, ocom número limitado e conhecido de jogos, ao invés de incertezas e imprevistos. Mas como foi dito é o primeiro, e haverá outros e ai o espaço se abre para todo interessado.

O evento é aberto ao público e gratuito, não é uma competição, mas um espaço para os criadores e desenhadores de jogos poderem testar suas preciosidades.

Maiores informações entre neste link.

Então amigos, esse é o tipo de coisa que já falei aqui no blog, iniciativa, CRIAR EVENTOS  e não só esperar chover na horta, espero que depois dessa, outros tomem o exemplo e façam acontecer.

Parabéns e sucesso aos organizadores.

Abraço!

Blog de Origem: Mundo do Tabuleiro
Link: http://ift.tt/2EK0qmY
Autor: Hermes

Anúncios

Quem diria!

Quem diria mesmo!

Há apenas alguns poucos anos na Ilha do Tabuleiro, muito se discutia sobre a grande cina dos jogos de tabuleiros, ou seja os jogos eletrônicos. O apelo visual aliado a dinâmica dos movimentos nos jogos virtuais, fez deles  a bola da vez.  A partir dos anos 80 evoluíram muito, literalmente aniquilando os jogos de tabuleiro ou quase.

Somente com a chegada dos eurogames a partir de 1995, com o Catan de Klaus Teuber é que houve uma nova luz surgindo no horizonte. De lá para cá, muitos avanços em todos os setores no que tange os jogos de tabuleiros, grandes jogos como Puerto Rico, que por anos ficou no topo do ranking do BGG, é agora um clássico, e novos títulos são são lançados aos milhares a cada ano.

Milhares? 

Com certeza, basta comparar os números no BGG sobre os jogos cadastrados, por volta de 2008, quando estava perto dos 80 mil títulos, agora beira os 100 mil. São dez anos e algo em torno de 20 mil jogos adicionados neste espaço de tempo (aproximadamente).

Ai deparei com essa matéria postada no BoardGames Brasil, compartilhado pelo Felipe M., sobre os programas de financiamento coletivo como o Kickstarter,

” Jogos eletrônicos perdem espaço para jogos de tabuleiro no Kikstarter” publicado no Tecmundo.

Dai o porque do “QUEM DIRIA”, afinal como já mencionei, há alguns poucos anos, o cenário era bem diferente, a ponto de haver discussões no fórum da Ilha sobre a realidade da época, que era os jogos eletrônicos predominando.

Me pergunto o porque disso?

Sempre um dos pontos mais atraentes dos jogos de tabuleiros era a interação das pessoas, uma reunião para fins de diversão. De brinde vinha o exercício da estrategia do jogador, a disputa  em diferentes níveis, mas o grande diferencial dos jogos de tabuleiros era a interação social e por fim a diversão a grande meta..

Outros aspectos que também ajudaram nessa mudança, na certa são um grande avanço no aspecto visual dos jogos de tabuleiros, a arte é muito melhor hoje do que na grande maioria dos jogos  lá pelo final dos anos 90. Até já abordei isso em um tópico aqui no blog, ” A beleza dos Jogos de tabuleiros”.

Soma-se a isso as miniaturas, é outro apelo, e tem muita gente que literalmente vira um babão por conta das miniaturas. O acesso a elas é hoje muito mais fácil, afinal temos cada vez mais a disseminação do uso das impressoras 3D, embora outras técnicas de moldagem continuem em vigor, principalmente para grandes demandas, ainda vão perdurar por um pequeno tempo.

Mas afinal, resta uma questão!  São muito poucas pessoas no planeta, que tem o privilégio de viver da criação de jogos. Isso é fato, mas impressiona a quantidade de pessoas interessadas em criar jogos, muito do que se lê nos fóruns dos diversos sites especializados, esta relacionada com isso, e gente mostrando  trabalho, querendo aparecer, discutindo ideias ou parasitando tudo isso.

Na contra mão dessa realidade,  no mundo virtual dos criadores de jogos eletrônicos, existem muito mais oportunidades de viver da criação de jogos, e tem quem vive muito bem disso, mas os caras estão perdendo espaço para essa legião de criadores obscuros e muitas vezes geniais dos jogos de tabuleiros.

Acredito que a questão é simples, você não precisa saber de programação para criar jogos, por isso a essa legião de criadores, e para os eletrônicos que dependem de programadores,  resta agora buscar os não programadores para dentro do mundo virtual, e quem sabe evoluir para um novo estágio para estes jogos. Nada disso é novidade, salvo os jogos de tabuleiros, finalmente estarem ultrapassando seus iguais eletrônicos.

Abraço!

Blog de Origem: Mundo do Tabuleiro
Link: http://ift.tt/2F4atnR
Autor: Hermes

Um Grande e Prospero 2018, mas com atitude!

365  dias depois, repete-se a história! Mais um ano chegando e outro indo embora, e assim seguimos em frente.  2017 foi ano difícil, assim como 2016, motivado pela agitação política, por conta de uma legião de imprestáveis roubando o Brasil e atrofiando a economia. E 2018 está ai, faltam apenas algumas horas, e todos “ESPERAMOS”um ano melhor.

A questão é essa, esperar e pouco fazer, e temos eleição em 2018.
Candidatos!!??…. umas porcarias imorais, parte integrante se não o mesmo lixo que afundou o Brasil, e essas criaturas apenas pretendem continuar a fazer o que fazem, então infelizmente não tem muito o que torcer ou “esperar”, já sabe que será eleito um novo mesmo ladrão sem vergonha.

Desculpem usar o meu canal e escrever isso tudo, sempre mantive essa questão separada, e não pretendo postar outros opiniões como esta com frequência. Mas acho que  apenas vir aqui e desejar  um Feliz e Prospero 2018 é pouco. Para quem acha  QUE ESTOU APENAS ESCREVENDO,  e não tenho engajamento, pode ter certeza que tenho, existe como participar e não sou ligado a nenhuma porcaria de partido político, que estão mais para organizações criminosas.

O cidadão de bem desse país tem obrigação de fazer algo, tem obrigação e exigir mudanças, existem associações de moradores, estas podem ser muito influentes, basta participar, tirar a bunda do sofá  uma vez por semana ou por mês. Existem outros mecanismos que a população pode usar e deve usar para se defender dessa corja de marginais que ai estão, arruinando cidades, estados e o Brasil.

Então para 2018, melhor é não ficar apenas desejando e esperando um ano melhor como se cai-se do céu. Melhor é agir e participar e não tolerar essas situações tão passivamente, junte-se a outras pessoas de bem em associações, organize-se e exija seus direitos, exija mudanças para sua cidade e país.

Fica aqui meu registro de indignação, ainda assim espero que tenham um ótimo final de ano, que tenham realmente um ótimo 2018, mas não adianta esperar que esses imorais que ai estão, façam eles mudanças, pois para a grande maioria dessa politicalhada, o Brasil é um paraíso as nossas custas. Portanto exija, pois o Brasil é nosso e não esta ai para vagabundo roubar ou usar como bem entende.


Um Grande e Prospero 2018, mas com atitude!

Mais uma vez me desculpem, mas acho necessário, dessa vez a conversa sobre jogos de tabuleiro cedeu lugar.

Abraço!

Blog de Origem: Mundo do Tabuleiro
Link: http://ift.tt/2q5jPfC
Autor: Hermes

2º ITAIPA-WARS, em Fevereiro.

Essa é para a galera dos jogos de guerra, marque ai na sua agenda. Em Fevereiro próximo entre os dias 2 a 4 na cidade de Itaipava -RJ, ocorre a segunda edição do ” Itaipa-Wars “. Vão rodar partidas de jogos como Labyrinth, Twilight Struggle, Andean Abyss entre muitos outros, nada impede de você levar seus jogos também, desde que tenha haver com o tema.

Mesmo você que gosta do assunto e não conhece ou não jogou esse tipo de jogo, vá até lá, na certa vai encontrar pessoas que vão ter o maior prazer em recebe-lo e lhe apresentar os jogos de guerra. Fale com seu Francisco, ou com o Gerson Monteiro entre outros.

Adianto alguns preços e digo que estão bons:
Diária R$ 100,00 com café da manhã;
Refeições R$ 25,00

Link do Hotel  www.cgea.eb.mil.br.

Está ai o convite, dificilmente vou estar por lá, por não conseguir conciliar as datas, mas a vontade é grande e na certa em outro momento vai dar certo.

Abraço!

Blog de Origem: Mundo do Tabuleiro
Link: http://ift.tt/2zF47qZ
Autor: Hermes

Feliz Natal!

Praticamente estamos concluindo  mais um ano, este cheio de percalços e momentos difíceis, mas querendo ou não, simplesmente fazem parte da vida e o negócio e levantar, 
bater a poeira e seguir em frente. 
Desejo a todos um dia com muita de paz e felicidades, jogos de tabuleiros lógico,
 jogatinas para ficar mais divertido e grandes e proveitosos momentos junto a familiares e amigos.

Abraço!

Blog de Origem: Mundo do Tabuleiro
Link: http://ift.tt/2zpyLEH
Autor: Hermes

SPA dos Jogos

SPA dos jogos, evento itinerante que ocorre nos estados do Nordeste, onde bem sabemos existe gente muito bacana envolvida com  jogos de tabuleiro.
Já tendo ocorrido duas edições, uma em Campina Grande PB (2016) e outro em Natal -RN (2017), vem ai o terceiro evento, agora entre os dias 23 a 26 de Novembro, em União dos Palmares-AL Para integrar o povo de diferentes estados, o evento a cada edição é realizado em uma cidade diferente da região.

Olhe ai a programação:



Quem me procurou para falar sobre o evento, foi o Júlio César G. de Oliveira. Ele é parte de um ativo grupo, que visa divulgar e incentivar o uso dos jogos de tabuleiro como lazer. 
O melhor é que o evento não se limita a reunir pessoas para jogar, mas abre espaço para criadores de jogos, com o Spatótipo, isso mesmo, se você cria jogos, quer apresenta-lo a jogadores, eis ai sua oportunidade. Espaço para discussões sobre como levar as ideias adiante, publicar jogos, não perca a oportunidade.

Para não deixar duvidas sobre a seriedade da organização, é lançada uma revista digital, chamada Gamebook, sempre vinte dias antes do evento, trás um apanhado sobre quem vai participar, jogos, editoras, entrevistas com figuras notórias do meio. Dá uma olhadinha, esta muito interessante.

Fica a dica, esses caras estão fazendo bonito.

Parabéns e muito sucesso!

Blog de Origem: Mundo do Tabuleiro
Link: http://ift.tt/2zAWzZX
Autor: Hermes

Batalhas históricas 3 – Waterloo!

É difícil comparar visto serem décadas ou séculos separando grandes personagens da história. Napoleão Bonaparte é sem duvida se não o maior, mas um dos melhores generais que já comandaram exércitos em todos os tempos. Tanto que as guerras napoleônicas, fazem alusão ao período da história onde este gênio militar fazia da guerra uma arte, a tal ponto de ser estudado e referenciado ainda hoje, 202 anos depois da batalha.

Idas e vindas, era 18 de Julho de 1815, cento e poucos dias  após ser enviado para o exílio em Elba, Napoleão desenvolveu seu exército na região de Waterloo, a meio caminho para Bruxelas, Bélgica atualmente.

A sua frente, lhe fazendo oposição, barrando o caminho o general inglês, Duque de Wellington, comandando um misto de tropas inglesas e europeias ( sétima coalizão). Jamais haviam cruzado armas. O inglês eté então havia confrontado os francesas, anos antes, na campanha da península, Espanha e Portugal, isso mesmo, tem haver  com a fuga dos reis de Portugal para o Brasil em 1808.

Wellington, tendo chegado ao campo de batalha antes, desenvolveu suas tropas sobre e atrás das colinas de Mont-Saint Jean, expondo apenas uma  parte de suas tropas. A chuva do dia anterior, tornava o campo um lamaçal, de modo que o ataque francês foi postergado até que o solo secasse, a ponto de permitir melhores progressões da tropas, isso ocorreu por volta do meio dia.

Para quem gosta do assunto, faça um exercício!….imagine você em sua casa no centro de um retângulo ( aproximadamente) de 9 x 5 km.  Agora distribua mentalmente 68.000  soldados ingleses e 74000 franceses neste espaço!…difícil imaginar não é!…. mas era o que aconteceu em Waterloo e em outras batalhas com exércitos em linha. Agora sem a comodidade das comunicações modernas, como você vai comandar e coordenar essa massa de soldados, sendo que havia bosques, construções, elevações e não era nem possível visualizar o todo do campo de batalha.

Mas era o que acontecia nestes campos de batalha. Ai reside o grande diferencial de Napoleão, ele havia anos antes reorganizado o exército francês, ele foi quem primeiro organizou tropas em divisões, de modo a tornar a massa de soldados mais manobrável. Ele foi o primeiro a formar um exército nacional, de modo a tornar os objetivos e motivos comuns mesmo para os soldados, isso não existia antes dele. Ele mantinha um estado maior, grande, era a garantia de que suas ordens chegassem a  quem deveria na hora certa, era assim que ele comandava, fora o fato de ser indubitavelmente um grande mestre tático, enxergar as oportunidades ou então cria-las, era assim que ele superava seus adversários, prova são suas vitórias e ser ainda hoje referência militar.

Mapa do campo de batalha, bem como manobras executadas.


Bom, Napoleão atacou, suas tropas avançaram com dificuldade, penaram ante a obstinada resistência dos ingleses, Papellote, Hougmount  Mount Saint Jean, são nomes que ficaram na história desta batalha, por conta da  luta encarniçada pelo seu controle. Em Papellote, tomada pelos franceses, o contra-ataque da aliança, retomou a posição, fato que  levou a famosa carga de cavalaria inglesa, que por sua vez  terminou em desastre pela intervenção dos couraceiros francesas ( cavalaria pesada francesa).

Então pelas 15 horas, um novo exército se aproximou pelo flanco direito francês. Napoleão a princípio imaginou as tropas de Grouchi, que perseguia o batido exército prussiano após a batalha de Liege, um dia antes. Mas não…era o parte do exército prussiano com 40.000 soldados despejados no flanco francês. Dai apesar da presença da velha guarda de Napoleão, não foi possível resistir, muito menos vencer.

Terminava assim uma das batalhas mais famosas de todos os tempos, junto com a batalha terminava também a era napoleônica. O mito, falece três anos depois  na Ilha de Sta. Helena, sob custódia britânica, como sempre, muitas especulações sobre sua morte.

Icônico não é! Tem oito jogos que tratam dessa batalha, veja a lista.

Waterloo, Napoleon last Battle (20002)
Wellington´s victory: Battle of Waterloo (1976), com segunda edição em 2015.
The Battle of Waterloo (1994)
The Battle of Waterloo (1975)
Waterloo 1815, Napoleon last Battle ( 2016)
Battle of  Waterloo: Hougoumout 1815 AD (2006)
Battle of Waterloo, a game for two, three our four Players ( 1895)

Observe a data do último, 1895, (imagem ao lado, um point to point). Entre os jogos, tem um que chamou muita atenção, Waterloo 1815, cuja complexidade é indicada 5. Tem que ser bom para chegar nesse patamar, visto a maioria ter  peso 3 para mais ou menos.

Um bom jogo que reflita e simule muito do que ocorreu durante aquele dia, poderia talvez responder a pergunta que jamais será respondida, se retirar o elemento prussiano da batalha,  quem venceria???  na minha opinião Napoleão.

Abraço!

Ref, BGG.

Veja também, Batalhas históricas 2, Kursk

Blog de Origem: Mundo do Tabuleiro
Link: http://ift.tt/2k60O9S
Autor: Hermes